.

Monday, October 29, 2012

Mais um silencioso.
Dois textos apagados. Nenhum deles dizia exatamente o que eu quero dizer. O caso é que quando tem alguma coisa me sufocando eu vomito em palavras na tela do computador e por alguns segundos a sensação é de alívio. Precisei de dois textos pra descobrir que não faço a menor ideia do que quero dizer, tão logo, faço menos ideia ainda do que estou sentindo. Vazio. Ao mesmo tempo é uma mistura de coisas que querem transbordar pelos olhos e a sensação de vazio. Vai ver é isso, estou tão cheia de me sentir assim que o vazio que sinto transborda em lágrimas pelos olhos. Vai ver é boa essa sensação de não enxergar direito, de ter a visão turva. Vai ver é medo. Ou coragem demais de começar a ver as coisas como elas realmente são. Ou é só saudade de quem foi. Ou saudade de quem vem. Ou é só a bagunça das duas coisas que parecem me fisgar pra dentro de um mundo em que todo mundo é feliz e mágico, mas que falta ainda o meu encantamento. Vai ver é isso. Falta alguma coisa. Em meio aos livros, filmes, bichos de pelúcia, textos para serem entregues, agendas para serem agendadas e entrevistas e áudios e amigos antigos e novos amigos e shows, e conversas banais e conversas sérias, e conselhos e água com gás e pizza de peperoni e corrida no fim da tarde e a lua cheia que encanta, vai ver, que falta alguma coisa. Vai ver que falta um pedaço. Ainda. Ainda falta um pedaço.

2 comments:

kuronuma said...

E eu que achava que esse sentimento fosse meu particular. Belo engano.
É vazio. Para mim também foi um pouco de falta de sinceridade, de ser aberta quanto à minha vida para meu namorado, minha mãe. Um pouco de insegurança.
Boa sorte com tudo! Bom texto

Scheilla Franca said...

Adoro os "e"s desse seu texto... Belo belo belo belo belo texto.