.

Sunday, October 21, 2012

Eu quero ver gol

Do amor novamente. Não que eu tenha assim muita moral para falar sobre o assunto. Muito menos licença poética para tanto. Mas vejam. Escrevi aqui tudo o que eu achava sobre ele. Um momento um tanto quanto radical. Ainda mantenho minha opinião em diversos aspectos, desiludida e sem sorte que sou. Mas vejam, mesmo frequentando o clube das pessoas que só se fodem na vida, o famoso "Feitos pra Sofrer Futebol Clube", estou voltando a acreditar. É isso.
Sabe aquela sensação que o brasileiro tem quando o Brasil vai pra final da Copa do Mundo? Pois então. O brasileiro esquece que o sistema aéreo do país é uma bosta, da fome e miséria, da seca do nordeste, do mensalão. O brasileiro só quer torcer. E acha que o seu país é o melhor. E que seu povo é o melhor. E só torce, apenas torce pra que dê certo. Pois então. Essa sou eu. Torcendo pelo amor. Torcendo com mamãe sacode, bandeira, apito e aquela coisa que faz barulho e que o povo usou na última copa e eu não lembro o nome. Sim, essa sou eu. Torcendo para que o amor dos outros dê certo, como se isso pudesse ser uma espécie de consolo e acalento para o meu coração já tão cansado de bater na trave. Como se ver um time no ataque me ensinasse de alguma maneira a me posicionar melhor na grande área. E na pequena também, quem sabe. O fato, leitores, é que eu não sei como vai terminar o MEU placar. Mas temos um jogo, Arnaldo? Temos um jogo, Galvão.

"Não precisa ser de placa
Eu quero ver gol!"

1 comment:

Ícaro Messias said...

O amor é a única revolução verdadeira, e todos fomos feitos do amor, e vamos encontrar ele em vários momentos de nossas vidas, pode não ser agora, mas quem sabe um dia, tudo pode acontecer onde existe amor, mesmo que ele fique ali guardadinho, esperando o momento certo de florescer e se tornar a mais linda cerejeira do teu jardim!