.

Wednesday, June 13, 2012

Mil pedaços

Dai me perguntaram "e você, como é que está? Como isso tudo aconteceu?" Pois muito bem. Não sei como estou. Ainda não consegui avaliar bem os estragos que eu mesma causei. Ainda ando com medo de descobrir o que de fato eu tenho sentido. Se estou bem, se estou mal. Se acho que vou superar ou não.
Tudo que eu tenho feito é ocupar meu tempo com um bilhão de coisas ao mesmo tempo, uma espécie de fuga maluca de mim mesma.
Como tudo aconteceu? Bem, isso já é mais fácil de explicar. Veja só: essa sou eu. E eu quebro coisas. Sou assim mesmo. Desastrada, impulsiva, e às vezes mau interpretada. Em suma, nunca fui muito de ganhar mesmo...
Foi lindo e bom e feliz enquanto eu consegui parecer normal e não me deixar cair em minhas próprias armadilhas e sabotagens. Sim, eu me auto saboto.
Depois veio o caos, eu achei que eu podia consertar,mas não podia. Paciência. Acabou. E não, eu não sei se estou péssima. Nem se estou bem, como já disse antes. Nem se amanhã vou estar melhor ou pior. Eu não sei de nada. Eu tenho medo de saber. Deixa assim como está.

"Não sei por quê acontece assim e é sem querer
O que não era pra ser: Vou fugir dessa dor.
Meu amor
se quiseres voltar - volta não Porque me quebraste em mil pedaços"

1 comment:

Jessy said...

é exatamente assim que eu me sinto: um agrupamento de caquinhos... = \