.

Friday, July 15, 2011

Canção pra você viver mais

Ainda não faço idéia de por onde começar esse texto. Não faço idéia nem mesmo se eu devia começar, o problema é que meus dedinhos me forçam a digitar as coisas que eu não consigo falar. A sensação é que se eu escrevo essas coisas ruins saem da minha cabeça e eu me livro delas. 
Sabe um coraçãozinho apertado? Sabe aquele nó com gosto de nada preso na garganta? Sabe a sensação de que tá caindo, caindo, caindo... Então. Bem assim. Uma hora a ficha ia cair, eu ia olhar pra trás ou pra frente, sei lá e ia perceber. Por mais que todo mundo repita as mesmas coisas pra mim e por mais que eu saiba que geral tá certo eu não consigo engolir essa bola de pelos na garganta. É que eu tenho essa mania, sabe? De achar que a gente é feito do que o passado nos deu. Dai não consigo simplesmente ignorar que coisas boas aconteceram, e ai não consigo simplesmente abrir uma gaveta, enfiar tudo lá dentro e fingir que matei quem eu sou. Eu não consigo não. A ficha tá caindo, de pouco em pouco, mas tá. Não, eu não vou esquecer de nada que foi bom, que foi especial e que foi único e que vai ser sempre, por mais que isso pareça talento pra masoquismo, juro que não é. Mas não, também não posso entrar na tal gaveta junto com o passado. Tem tanto presente aqui. Pulsando, me chamando. Eu vou.

"Não tenho muito tempo
Tenho medo de ser um só
Tenho medo de ser só um
Alguém pra se lembrar
Alguém pra se lembrar
Alguém pra se lembrar
Faz um tempo eu quis
Fazer uma canção
Pra você viver mais"

4 comments:

O Impenetrável said...

lindo texto, muita sensibilidade, palavras que tocam, uma maravilha.

grande abraço e que voc~e tenha uma semana linda.

Cristal - a louca. said...

Já mandou o texto????? kkkkkk.

Porra mermão, a gente só vive uma vez e quando reencarna não lembra de nada! Manda!

Ps Também adorei seu texto.

Beijundas

Mel Andrade said...

Também tô super nessa vibe futuro, vamo que vaaaaaamo!!
(mas sou nostalgia feelings 4 life)

Mel Andrade said...

Ah, e SÔLOKA por essa música.