.

Tuesday, November 25, 2008

Pausa.

"O amor te escapa entre os dedos
E o tempo escorre pelas mãos
O sol já vai se pôr no mar
Saber amar
Saber deixar alguém te amar..."


Eu não sei mentir direito, eu não sei amar direito...

4 comments:

Lost Samurai said...
This comment has been removed by the author.
Lost Samurai said...

"No país do futebol, eu nunca joguei bem. Poderia ser um sintoma mas meu jogo de cintura se manifestou de outro jeito. É que eu não sei mentir"
Isso é na verdade um dom. E não um defeito. A verdade é sempre o melhor caminho.

"Ainda encontro, a fórmula do amor..."

E que graça teria se houvesse uma fórmula e se todos amassem da mesma forma? Se fosse uma Equação matemática? Que sabor teria o amor se fosse fabricado em série? Se fosse tudo igualzinho?

Aí tanto faz, amar ou ser amado por qualquer pessoa.

Lembra do Shakespeare.
"Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer que ame, não significa que esse alguém não o ama com tudo que pode [....] Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o bem que poderíamos ganhar, por simples medo de arriscar."

July said...

"Nunca amamos ninguém. Amamos, tão-somente, a ideia que fazemos de alguém. É a um conceito nosso - em suma, é a nós mesmos - que amamos. Isso é verdade em toda a escala do amor. No amor sexual buscamos um prazer nosso dado por intermédio de um corpo estranho. No amor diferente do sexual, buscamos um prazer nosso dado por intermédio de uma ideia nossa".
Fernando pessoa
Bom erika eu queria mesmo que os sentimentos fossem certeza, mas dái eu penso que graça teria!!
Mas não há como negar que por mais dúvidas e incertezas que alguns sentimentos provocam, nada se compara ao leve tremor no coração, esse caminhar no abismo (ou quem sabe, no paraíso?) com um sorriso nos lábios, os devaneios sem que se esteja dormindo ou com febre.

Amanda Maron said...

Não preciso dizer nada.
O samurai chato aí em cima já disse tudo.

Que graça tem saber amar?

Paulinho Moska resume em "Então me diz qual é a graça de já saber o fim da estrada quando se parte rumo ao nada".

Teamo.