.

Thursday, August 07, 2008

A noite serelepe e o hippie

O namorado ia sair com os amigos, resolvi pois sair com a Colombina.Lá fomos nós pro barzinho do acarajé...Aquela coisa né? Lugar bonitinho,clima aconchegante, comida boa, e outras "cositas más".Tudo muito bom, tudo muito engraçado, frases a la "conselhos de buteco", fofocas atualizadas, eis que me aparece o Hippie.Jonathan era um moço muito educado, muito talentoso, um verdadeiro artista, e eu que estava pra lá de efusiva e serelepe ( descrição de Laisa Eça) resolvo fazer uma pergunta que eu sempre quis fazer aos hippies.Não.Eu não perguntei se eles tomavam banho, apesar de essa ser uma pergunta que eu gostaria de fazer.Perguntei simplesmente, com a maior lata de "jornalista frustrada dona de blog cultural" : "Por que você resolveu virar hippie?".Claro que eu já sabia que a resposta ia ser relacionada ao estilo de vida livre, ao sistema que é injusto e bla bla caixinha de fósforos.Mas Jonathan foi além.Ele falou sobre isso tudo, e me deu um argumento lindo: "eu não preciso usar relógio".È, ele não precisa mesmo.Eu queria também não precisar.Mas sabe o que mais ? Eu me lembrei de alguém especial com essa história de hippie.Alguém que também gosta de conversar com eles, e de descobrir porque as estrelas são mais bonitas que a lua.
A noite foi linda, eu fiquei feliz, tomei sorvete e comi que nem uma vaca, e quando eu cheguei em casa , achando que simplesmente ia por meu pijama e dormir que nem um anjo, o meu Arquiteto de Emoções, meu amigo, meu futuro psicologo, uma das pessoas que eu mais gostei de conhecer nesses últimos tempos, me dá de presente o texto mais lindo do mundo.Quem quiser conhecer o Duh dá uma olhada ai do lado que tem o endereço dele..meu blog tá doido e não posta links...enfim...

nota mental: "é melhor um namorado maconheiro que um eletricista." Não entendeu? Pede a Colombina pra explicar...rsrs

7 comments:

~~ponto said...
This comment has been removed by the author.
~~ponto said...
This comment has been removed by the author.
~~ponto said...

HEiueHiuehIUEHuie!!
Minha noite hoje também foi deverás serelepe. Gaziei na faculdade pra poder ir conversar com uma amiga dos velhos tempos, tomando cerveja e comendo salgado de supermercado.
Encontramos muitas pessoas. Do meu passado e do dela. Ela chorou pacas pq encontrou o ex. Mas colocamos todas as fofocas em dia. =) Muito boa essa noite.

Igor Garcia said...

Uai! Eu tb não uso relogio e ja contei as estrelas do ceu quando tinha o que, uns 9 anos? Tinha 3549 e algumas coisas e nem por isso deixo de tomar banho! ;-) Para que vou usar relogio se tenho o celular?

Espero que vc tenha comido igual a uma vaca e tenha ficado feliz! Produzir leite seria a segunda opção!

Afinal, qual a budega da diferença entre maconheiro e eletricista?

Bjs n`alma!

Colombina said...

eu juro que ia fazer um comentário sobre o post....até pq fui "coadjuvante principal" (se isso não existe, inventei agora!) nisso tudo...

Mas tudo me fugiu à mente quando li o seguinte comentário: "Produzir leite seria a segunda opção!"


kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
kkkkkkkkkkkkkkkk
kkkkkkkkkkkkkk
kkkkkkkkkkkk
kkkkkkkkkk
kkkkkkkk
kkkkkk
kkkk
kkk
kk
k


Ah...já ia esquecendo!!
EU VOU CONTAR TUDO PRA MOÇA DA JANELA!!

Muahuahuahauhauhauhauaa

Vou mesmo!

silvakov said...

hiponguices a parte, não usar relógio é muito bom... perder a noção de tempo é a melhor coisa do mundo.
essa de maconheiro e eletricista eu fiquei curioso :)

Raposa said...

Olá!

Estou aqui encaminhado de outros cantos que visito. Impressionante como essa coisa de comunidade bloguistica é, viro as mesmas esquinas e acabo volta e meia caindo em alamedas diferentes. Bom, caí aqui na sua casa, dá licensa para eu entrar?
Normalmente me sinto meio idiota quando vejo uma referência a algo que não conheço, mas também, quero chegar na casa dos outros e saber de cor onde fica o canto mais pontudo da mesa de centro da sala?
Encontro com muitos Hippies e com a maioria consegui travar discussões e especulações sobre o nada tão profundas quanto falar de física quântica (não, eu não sei nada de física quântica, mas estou feliz acreditando que sei alguma coisa sobre a razão das coisas).

Bom... acho que não estou tão inspirado para comentar hoje... então deixo para voltar outra hora.

Até