.

Saturday, July 19, 2008

è só mais um daqueles.

Pois então. A pergunta que não quer calar é : “o que diabos está acontecendo comigo?”.Eu não sei...não consigo entender porque coisas pequenas tem se transformado em coisas gigantes, e porque cada dia que passa parece que tudo muda.E também não consigo entender porque sinto tanta falta de algumas coisas, como por exemplo os meus óculos escuros.
A vida tem passado depressa, e eu não estou conseguindo acompanhar todo o ritmo, nem tenho conseguido decidir se é isso mesmo o que eu quero.Não consigo definir nem a cor dos meus sapatos.Se eu pudesse definir esse momento , acho que daria um nome bem feio e frio a ele.E olha que eu sempre gostei do inverno.Mas parece que esse inverno não tem me feito muito bem.Pode ser que tudo isso passe, e é por isso que eu torço, mas ta sendo barra ter medo de dormir por não saber como vou acordar no outro dia.
Hoje o que preenche minha vida é um monte de seriados norte americanos, um quebra cabeça quase impossível de montar, meu travesseiro e minha tartaruga de pelúcia. E eu não posso exigir mais nada.Estou tentando me fazer companhia, mas não acho que eu seja tão boa companhia assim.E talvez seja por isso que eu ande me sentindo tão só.
O problema não é o medo de ficar sozinha.O problema é ESTAR sozinha. Mas eu tenho que aprender, a vida é um eterno aprendizado.E não fui eu quem disse isso.Essa teoria já existia antes mesmo de eu entender que diabos era solidão.
Se eu pudesse escolher, acho que eu ia ser uma pedra, que como diz o Nando, “não precisam da respiração para ser ,para ter, para escolher, para pertencer”.

5 comments:

silvakov said...

HEY HO LET'S GO!
não sei o q se passa, mas com certeza passará...
eu mesmo estou mudando... fisicamente, na verdade, em uma semana... e de emprego tbm...
whatever... acho q vc pegou o espírito...

silvakov said...

fisicamente = de endereço físico... não farei nenhuma plástica huahauhauhauha

Eduardo Henrique Silveira Mota said...

"coisas pequenas tem se transformado em coisas gigantes"

Simples. Há fatos na vida que parecem fermento.

Thiago Apenas said...

"Algumas coisas só crescem quando as alimentamos"

Valeu a visita.

Adorei seu blog!

Colombina said...

Eu já fui uma pedra um dia.
Mas aí vc disse que eu não era e derrubou meu castelinho de areia.

Agora a saudade dos óculos escuros me soou bem. Não sei pq, deu a impressão de que aquele tempo fez uma diferença na sua vida....por isso sente falta dele. E a melhor parte....eu estava do seu lado.
Ai ai meu deus!! Eu me amo!!

hauahuahuahauhauhauhaua

Se ligue Man.
Deixe de onda que isso tudo vai mudar.
Acredita em mim?
Então pronto!

Relaxe aí...