.

Friday, July 11, 2008

A história da menininha.

Era uma vez uma menininha muito, muito, muito doce e meiga e simpática.Tá, simpática ela não era, mas era meiga e doce.Enfim, essa menininha um dia surtou e acabou se transformando em alguém não tão meiga e doce.Mas esse surto não foi simplesmente do nada, porque ninguém surta do nada,certo? Pois então.Alguma coisa tinha acontecido áquela menininha, mas ela sabia que aquilo tudo tinha alguma solução,e ela até desconfiava qual era, mas as outras pessoas, as que estavam sofrendo com a falta de meiguice de doçura da menininha não notavam, ou pelo menos não se esforçavam pra saber do que ela precisava.
A menininha então, esperta que é, resolveu então tomar dois litros de suco de maracujá com muuuito açúcar e voltar a ser meiga e doce e se esforçar pra não ligar pro que de fato acontecia (ou não acontecia).Ela então juntou todas as suas bonecas, arrumou a casinha de pano e foi brincar.
Alguém explicou a menininha que criança tem mais é que brincar e não se preocupar se o vai fazer calor ou frio.


a saber: "sou um móbile solto no furacão, qualquer calmaria me dá solidão..."(Paulinho Moska)

Foto: Olhares.

3 comments:

silvakov said...

caminhando nas trilhas cibernéticas, encontrei mais uma peça fora do lugar :)
acho q a menininha tem mais é q falar pros outros qual é o problema... se os outros acharem q não tem problema, é era de procurar outros "outros"... afinal, adoçante é muito artificial...

Eduardo Henrique Silveira Mota said...

Quando vc fala "não ligar pro que de fato acontecia (ou não acontecia)", é como se vc quizesse, assim, sem querr, que aqueles que lessem percebessem o que está acontecendo. Isso nos faz pensar em muita coisa. Gostei do texto.

˙·٠••●ą мσçą dą ﻝąиєℓą • said...

menininha né??
sei... sei!!