.

Sunday, August 09, 2009

Bungee Jump

Cheguei de Conquista hoje. Sim, sim, eu estive lá. Fui na sexta, num ônibus que devia ser executivo, mas não tinha ar, chegou atrasado e quebrou em plena ladeira do Marçal. Ah, fui salva por um outro ônibus que nos deixou a 50 metros da rodoviária..Besteira. Tá na lama? Se joga bichaaaa!!! Então, eu loira e com frio (simmm..esqueci de contar, coelba tá perdendo pra mim, meu nome é "luzes") finalmente cheguei ao universo pararelo, sem nenhuma menção obviamente à raves, juro. E o que eu fui fazer lá...Bem, quem acompanha o blog deve ter sentido uma coisa meio estranha nos últimos textos que de alguma forma tratavam de família. Resolvi seguir conselhos do meu guru e fui dar um jeito, ou pelo menos tentar dar um jeito nas coisas. O resultado é lento, se vier, mas tentar, eu tentei. No final das contas foi legal. Na verdade sempre é. Ainda que também seja estranho, e essa parte desistam de entender. Então...Família reunida, saudade das pessoas, aquela coisa toda, sobrevivi. E digo isso não por causa da família, mas é que Conquista sempre é um lugar estranho. Tem alguma coisa naquele lugar que às vezes me desequilibra. Mas dessa vez, incrivelmente, eu estava lá. Era eu. Euzinha mesmo, e não a dona "Erikauniversoparalelomodeon". Inteirinha, aqui estou de volta, num ônibus lotado, que ficou preso na balança da Policia Rodoviária por 40 minutos e parado na rodoviária de Itororó, por mais 15. Num sol escaldante, claro. Ar condicionado? Para os fracos beibe.

Da série: "coisas que só uma Colombina entende", ou no popular: " o négocio é confiar na cordinha".

2 comments:

Colombina said...

Só eu neh, sinhá kunga??? Tô ligandan!! Conquista eh estranho, Itabuna eh estranha, Ilhéus eh estranha...o mundo inteiro eh estranho. Mas com fé em Nêdja as coisas um dia vão se acertar e nós....enfim!

Amanda said...

Ou ainda, segura na mão de Deus e vai.