.

Sunday, April 12, 2009

Sentou na frente do computador e começou a digitar emoções. Saudade dos velhos tempos de caderno verde cana e madrugadas insones olhando pela janela o quintal e o pé de goiaba de dona Etelvina.Dona Etelvina...Nem sabia se ela ainda estava viva. Mudou-se a quase três anos, e agora pela janela só havia aquele canal, aquela amendoeira e vez ou outra um rato passava.Mas incrivelmente, ela se sentia feliz. Quando chegou não foi fácil, agora já estava adaptada e tinha mais amigos fiéis do que se juntasse todos os que já passaram em sua existência. O que lhe incomodava agora era essa falta de inspiração. Sabia que devia ser a vontade incontida de sair da frente da maquininha do silicio e ir em busca dos chocolates que estavam logo ali, na estante. Buscou os chocolates. Ia acabar tendo uma dor de barriga. Mas quem se importava? Ela estava feliz. Uma daquelas felicidades que dão medo de acabar. Ele dizia que não ia acabar...Que não podia estragar. Parecia que ele estava certo, dois meses e nenhuma vontade de por fim ao que todo mundo dizia ser perigoso. Não, não para ela. Com tantas mentiras, tantas decepções e tantos erros acabou aprendendo a reconhecer o que faz mal. O perigo era pra ele. Ninguém sabia o que podia fazer um coração partido.Mas, sabe-se lá se por sorte ou por destino não aconteceu nada. Era tudo tão bom, tão diferente de tudo, e tão tranquilo quanto ela imaginou que pudesse ser uma tranquilidade que ela nem podia acreditar que gnomos de fato existiam, sextas feira 13 davam mesmo sorte, e que coelhos da páscoa trazem mesmo os ovos de páscoa...
Apagou as emoções da tela azul do word, abriu a janelinha do msn e disse que era bom tê-lo por perto a tanto tempo.

ps.: eu não consegui pensar em um título

5 comments:

Mariana Andrade said...

Quero chocolate.

André said...

so tenho uma coisa pra te dizer...

EU TE AMO!!!

Feliz 2 meses minha Pekena!!!

Lost Samurai said...

É o tipo de história boa de se ler numa madrugada fria. Ainda mais qnd vc conhece a personagem principal. Vai fundo pq dor de barriga [de tanto chocolate] e paixão [que possa vir a se acabar] doem, mas não matam... rsrsrs

Amanda Maron said...

Gostaria de deixar claro que... Deco tá apelando com o chocolate em todas as idades.
*olhando pros lados*

α мσςα đα נαทєℓα said...

É o amooooooooooooooooooooooor!
E haja chocolate pra garantir o prazer!


kkkkkkkkkkkkkkk