.

Saturday, September 15, 2007

O comentário de LLamosas, as janelas e o que pode fazer sentido.Ou não.


Aqui estou em pleno sábado a noite na frente do pc , depois de ter estudado um monte sobre folkcomunicação, feito mini pesquisa de campo e ter sido chamada pelo senhor Alvaro Llamosas (como ele não lê esse blog, ele pode ficar sem pseudonimos)de nerd do anime parei para refletir sobre que rumo estou tomando...Nessa brincadeira com o meu carissimo Llamosas, ele me disse que eu tinha perdido a minha vida em festas sem sentido e agora ficava na frente de um pc vendo a vida passar.Não com essas palavras,digamos que ele não foi nem um pouco sutil e carinhoso...E o pior de tudo é que eu levei ele a sério.Será que eu to deixando passar um mundo de coisas? Será que eu deixei um mundo de coisas passar quando achei que tava segurando o mundo com minhas mãos?
Será que todos os sorrisos que dei nas minhas madrugadas acordadas em luais malucos que nao tinham lua foram em vão? será que todas as festas em que dancei ao som da música que tocava, fosse lá qual fosse foram sem sentido? será que todas as vezes que deitava minha cabeça no travesseiro depois de uma festa qualquer, eu estava simplesmente deitando a minha cabeça no travesseiro?Eu não consigo acreditar...Eu não posso acreditar que tenha perdido tudo em algo sem sentido..Pq não foi sem sentido.
Mas agora eu também não consigo acreditar que vou ver a vida passar pela janela (não jana, dessa vez não to falando de vc.)...Enquanto o mundo sorri entre luzes alegres e coloridas, e doces que crianças rejeitariam.Não posso acreditar que a essa altura do campeonato eu tenha me acomodado ao lado de uma mesa de sinuca, ou de um pc.Não posso acreditar que simplesmente fechei a minha janela e espio de vez em quando pra saber se existe novidade.Não...eu não posso concordar com Llamosas...Não é justo comigo.Não é justo com os meus sorrisos que quando ficam contra luz parecem ser maiores.
Não foi sentido nada que passou...E não, não ficarei daqui pra frente lamentando-me pela janela fechada.Que a luz entre...

4 comments:

Colombina said...

se ele fala das nossas festas....eu discordo!!
acho que n foram em vão...
acho que vc aprendeu muita coisa (duvidosas...porém...necessárias..rsrs). Acho que vc não se arrepende...e acho que elas te fazem bem!!!
Mas concordo quando diz que mesmo assim vc continua deixando de viver a vida, para apenas assisti-la dessa janela, ou ouvir de nossas bocas!!
"Se ela quer voar...é pq tem asas..."
acho que isso simplifica o que quero dizer!!!

moça da janela said...

eu axo o seguinte!!!
ficar olhando a vida pela janela é bom...sempre tem as amigas fofoqueiras, o moço que te entrega uma rosa, o casal apaixonado sentado no banquinho da praça, as crianças brincando no parquinho, um outro casal no canto escuro se amassando quando te de noite....mas no final das contas o mais legal de tudo é quando essa bendita luz entra e parece trazer o mundo todo pra nós(diminui o brilho da tela...uhsuahsua...piadinha sem graça)...só naum se eskeça de q na maioria das vezes nós eh q temos de ir em busca do mundo!

Cacau said...

Lembra que eu disse que vc era pequena hj cedo???? Retiro!! Aff vc é a Cotrim mais complicada da espécie!!! Credo...Tô correndo mas seu trem ta muito na frente!!! É isso!!! Infelizmente não consigo te acompanhar mais...

[?] said...

Sim! Vc deixou, está deixando e ainda deixará um mundo de coisas passar.
As possibilidaes sempre estão ai, uma infinidade delas. Mas, infelizmente, temos de escolher. As escolhas nos contingenciam. Contudo, são essenciais e inescapáveis.
Vc nunca vai abraçar o mundo, e nem por isso sua vida será chata!

Apesar de sua janela estar fechada pra um mundo de coisas, ela esta aberta pra um mundo de outras...
Ânimo, Srta.!
E... um bjo!